Convertendo um Servidor Fisico para Virtual | P2V

Posted on 23 de abril de 2009

1


Olá Pessoal

Ontem realizei a prova 70-652, foi uma prova simples, afinal já estava habituado com o Hyper-V.
Existe alguns e-cursos gratuitos!

Microsoft Virtualization – Learning Portal
http://www.microsoft.com/learning/Virtualization/default.mspx

Bom chega de papo e vamos para o que realmente interessa.

Artigo da Microsoft
P2V: Converting Physical Computers to Virtual Machines in VMM
http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc764232.aspx

O Objetivo desse post é mostrar como é simples a conversão de um Servidor Físico para Virtual.
O Servidor Físico, possuí uma placa mãe Asus P800, Processador, PIV 3.0HT, 512 Mb RAM, Placa de Vídeo GeForce 5700 placa de Rede "Marvell Yukon 88E8001",  Windows 2000 Server SP4, que possuí o Active Directory, instalado e configurado.

 
O nome do Domínio é BATATA (Estava com fome no momento que criei o Domain)
É IMPORTANTE LEMBRAR que o ambiente que está sendo usado é um ambiente de laboratório, se fosse no ambiente real, outros fatores devem ser considerados, como Por exemplo o tipo de disco tem que ser "fixo" e o local de armazenamento para melhorar a performance deve está em RAID ou/em uma iSCSI.
Inicie o SCVMM
 
No lado direito clique em Convert physical server
 
Nessa tela é necessário informar o nome da maquina ou o endereço IP, logo abaixo é necessário fornecer as credenciais do Nome de usuário, senha e Dominio
Ao Clicar em Next será aberto a janela solicitando informações do nome da maquina Virtual, e do proprietário do computador (Usuários que terão permissão de Alterar a configuração do computador virtual através do MMC do SCVMM)

Clique em "Scan System" para que o SCVMM Conecte-se no computador e colete informações sobre o Sistema Operacional.
As informações serão exibidas na tela, clique em Next
 
Na Próxima janela contém informações sobre os Discos rígidos do Computador que serão transformados em .VHD
A Partir desse momento será feito a cópia do HD’s para o arquivos VHD que será armazenado no SCVMM
Com isso o Servidor será desligado automaticamente e o Servidor virtual irá tomar o lugar dele.
Opção "Turn off Source computer afeter conversion
Na Próxima Janela tem informações sobre o endereço IP, por padrão é exibido a configuração do Servidor atual.
Inclusive com o mesmo Mac Address (Isso mesmo, ele clona até o Mac address da Placa de rede)
 
Na próxima janela tem informações sobre Processador e memória que serão definidos na maquina virtual
É Solicitado que seja definido o local que será armazenado o Servidor virtual,
Local onde será armazenado informações sobre a maquina virtual (VHD, Arquivo de Páginação)
Informe qual placa de rede será utilizada, no meu caso, escolhi a placa de rede externa
 
 
Em Additional Properties é solicitado o que fazer na Servidor virtual (Windows 2000) quando o Servidor SCVMM for desligado ou reiniciado
Automaticamente o SCVMM realiza uma verificação em busca de erros, caso encontre algum é informado na tela.
Por fim ele exibe as informações para que seja feito a confirmação, se estiver tudo certo é so clicar em Create..
Habilitei a opção "Start the virtual Machine after deploying it on the Host"
Existe o botão "View Script" que contém informações sobre os comandos que serão executados para a criação, se for o caso basta salvar o arquivo e executar no "Windows PowerShell"
 
 
Pronto Clique em Create
 

Agora é 20:04, enquanto a conversão prossegue vou ficar assistindo o "Transporter 3"..
O Servidor físico, é reiniciado automaticamente e inicia no Windows PE (Por isso é necessário a instalação do WAIK, AD, Framework e PowerShell – Isso é questão de prova!!)
 
 
 
Enquanto isso no SCVMM é exibido o progresso da conversão,
 
Enquanto a conversão não termina, estou em outro computador (escrevendo esse post e assistindo o "Transporter 3") e executando uma maquina virtual com Windows 2000 Professional que faz parte do Domínio BATATA.
Agora é 20:15 e o Servidor Físico foi desligado automaticamente, e no SCVMM a maquina virtual continua sendo criada em 58%.
Meu Objetivo é quando o Servidor concluir a virtualização, eu consiga logar no Domínio BATATA, utilizando uma conta de usuário do Domínio, que nunca foi logada nesse computador (Excluindo a possibilidade de Logon em Cache)
Agora é 20:50, o processo foi concluído e o Servidor virtualizado já foi iniciado.
 
20:57 apresentada a janela para Logon
 
Logado com sucesso, verificado que o Active Directory está ok, e o endereço do computador continua o mesmo 192.168.1.60
Agora, resta o teste final, reiniciar o computador com o Windows 2000 Professional e efetuar logon com um usuário do AD que ainda não tenha se logado no computador.
Sucesso, foi possível efetuar logon normalmente, realizado teste de acesso aos compartilhamentos e tudo funcionou perfeitamente.
No próximo post sobre virtualização, vou escrever um pouco de Linux e Hyper-V..
Abraço
Eder Machado
Posted in: System Center